Make your own free website on Tripod.com

:::::  Ao som da música  :::::

Amilcar Soares

||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||
Home

Midi

Cordas Teclas Sopros Percussão Pauta

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::   P A U T A   ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: 3 ::::

Inversão

A inversão de qualquer intervalo é obtida de uma forma muito simples. Uma das formas, é mudando a nota inferior para uma oitava acima e, a outra é ao contrário, mudando a nota superior para uma oitava abaixo. Em qualquer dos casos, uma das notas fica fixa na inversão.

Na inversão, o uníssono transforma-se em oitava, a 2ª em 7ª, a 3ª em 6ª, etc.

Com excepção dos intervalos Justos, a inversão resulta em opostos, ou seja, os menores ficam maiores, os aumentados ficam diminutos.

Para reconhecer facilmente uma inversão, o intervalo proposto somado com a sua inversão resulta sempre nove (9).

 

Intervalos

Continuando a falar de intervalos, vamos classificá-los pelo número de graus que encerram, ou seja, quantos tons existem entre duas notas (intervalo). Neste sentido e, como referi anteriormente podem ser, maiores, menores, justos ou perfeitos, aumentados e diminutos, consoante o intervalo considerado. Os intervalos são de:

 Segunda

Menor (meio tom)

Maior (1 tom)

Terceira

menor (1 tom e meio)

Maior (2 tons)

Quarta

Justa (2 tons e meio)

Aumentada (3 tons)

Quinta

Diminuta (2 tons e 2 meios)

Justa (3 tons e meio)

Sexta

Menor (3 tons e 2 meios)

Maior (4 tons e meio)

Sétima

Menor (4 tons e 2 meios)

Maior (5 tons e meio)

Oitava

Justa (5 tons e 2 meios)

 

Acidentes

As alterações acidentais, também chamadas de Acidentes, usam-se durante o trecho musical e alteram as notas a que estão aplicadas e, todas as seguintes que ocuparem o mesmo lugar na pauta, mas somente nesse intervalo onde foi inserida a alteração.

Neste exemplo, o acidente aplicado ao fá, afecta também a terceira nota fá, mas não afecta a última nota deste compasso, que embora seja fá, não está na mesma posição na pauta - ver acidentes de precaução.

Suspensão

A suspensão, é um sinal que prolonga o valor da figura ou pausa a que está aplicada. A suspensão pode ser aplicada por cima ou por baixo da figura ou pausa. A duração do seu efeito não está determinada podendo o executante atribuir-lhe o valor ao seu gosto consoante o trecho interpretado. A suspensão também se aplica sobre a barra dupla, funcionando aqui como uma pausa, até iniciar o próximo compasso.

 

Alterações

As alterações são sinais que alteram a altura dos sons. Os sinais de alteração aplicáveis às notas são três:

Sustenido    - aumenta meio tom à nota

Bemol    - baixa meio tom à nota

Bequadro    - desfaz as alterações dos sustenidos e bemois.

Assim, podemos classificar as alterações como ascendentes (elevam o som) e descendentes (baixam os sons).

As notas afectadas pelas alterações, são designadas pelos seus nomes, seguidas do nome da alteração que as afectou, ou seja, o dó passa a chamar-se dó sustenido, o ré a ré bemol, etc.

As alterações usam-se de duas formas: Fixas e Acidentais. As fixas dizem-se constitutivas e são escritas a seguir à clave, e exercem as suas funções afectando todas as notas do mesmo nome pauta, em todo o trecho musical. Estas alterações constitutivas empregam-se quer nos sustenidos, quer nos bemois, pela seguinte ordem:

Sustenidos:

(quintas justas ascendentes ou quartas justas descendentes)

fá, dó, sol, ré, lá, mi, si

Bemois:

(quartas justas ascendentes ou quintas justas descendentes)

si, mi, lá, ré, sol, dó, fá

 

Sustenidos

Bemois

Estas alterações constitutivas também são chamadas vulgarmente por Armação de Clave. Facilmente verifica que a ordem dos Bemois é inversa da ordem dos Sustenidos.

 

 

Precaução

Em rigor, as alterações de precaução não eram necessárias, mas usam-se para evitar dúvidas no acto de execução. Por exemplo num compasso em que o fá no 1º espaço seja alterado acidentalmente para sustenido, embora afecte nesse compassos todos os fás, a mesma nota uma oitava acima, fá na 5ª linha, não é afectada por esta alteração, pelo que por vezes coloca-se um bequadro de precaução, a afectar esta nota.

Duplas

As alterações sustenidos e bemois, podem ser duplas. Somente o bequadro é sempre simples.

O sustenido duplo, eleva a nota afectada em dois meios tons, enquanto o bemol duplo, logicamente, baixa em dois meios tons o som da nota afectada. 

Importante, é que, se a nota já estiver afectada por uma das alterações, a alteração dupla só a afecta em meio tom (importante).

Sustenido duplo ou X

Bemol duplo

 

Continue a aprender nas próximas páginas  >>

Home

 1   2  3

 4 

5 6  7  8

Contacte-me

Deixe o seu comentário

Actualizado em: 2001-07-23

Download