Make your own free website on Tripod.com

:::::  Ao som da música  :::::

Amilcar Soares

Home Back

Midi

Guitarra Baixo Trompete Cavaquinho Pauta

  QUINTERNA

 

|||||||||||||||

 

A Quinterna foi um instrumento de cordas dedilhadas de uso frequente no Renascimento, nos ambientes aristocráticos da Itália do século XVI.

Com influências da Vihuela, na realidade e na classificação instrumental do renascimento, a Quinterna foi híbrido da guitarra, da Vihuela e do Alaúde, dado a sua parte posterior (ao contrário da guitarra) não era constituída por uma tábua de madeira, mas por cravelhas, como o alaúde, e apresentava como este, um ligeiro abaulamento.

Em compensação, a sua caixa harmónica tinha a forma que caracterizava os alaúdes, mas à semelhança da guitarra e da Vihuela, apresentava um estrangulamento na parte central.

No centro da caixa, apresentava uma roseta , as cravelhas estavam localizadas geralmente na posição lateral, embora fossem frequentes, estarem colocadas na posição posterior, tal como a guitarra.

Geralmente utilizava-se para acompanhar o canto, embora dadas as semelhanças com o diapasão da guitarra e do alaúde, pudesse tocar-se na quinterna grande parte do repertório desses instrumentos, que muitas vezes consistia em transcrições de danças ou de obras vocais.

 

Como Funciona

A Quinterna foi um instrumento de cordas dedilhado, de uso e características semelhantes ao Alaúde, à Vihuela e à Guitarra. Possuía 4 cordas dobradas, uma corda simples, a mais aguda, afinadas por intervalos de quarta com o Alaúde. Posteriormente, esta afinação seria adoptada pela Guitarra Barroca.

 

Contacta-me

Deixe o seu comentário

Actualizado em: 2001-06-21

Download