Make your own free website on Tripod.com

:::::  Ao som da música  :::::

Amilcar Soares

||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||
Home Back

Midi

Cordas Teclas Sopros Percussão Pauta

  GUITARRA BAIXO

 

|||||||||||||||

 

A guitarra baixo não é propriamente um instrumento do século XX. Desde o século XVII utilizam-se guitarras e alaúdes com cordas graves. Contudo, nesses primeiros instrumentos, as cordas que tinham um som mais grave, serviam de complemento às cordas, que eram dedilhadas. Estas cordas graves possuíam um som fixo sem modulação de tom e só podiam emitir uma nota, que na sequência musical, acentuava a tonalidade do acorde. Eram os chamados arquialaúdes, cujos tipos principais foram o chitarrone e a tiorba. Actualmente, a moderna guitarra baixo, eléctrica e de 4 cordas, surgiu pela primeira vez com a designação de "Fender Precision Bass". A guitarra tinha um corpo compacto e liso, feito de madeira de freixo e de bordo, com controlos de volume e tonalidades. Era, e ainda o é hoje (salvo excepções), em intervalos de quartas: MI, LÁ, RÉ e SOL.

Da mesma forma que a guitarra eléctrica, o baixo eléctrico combina-se com outros instrumentos, em qualquer género musical. Apesar da sua função principal ser a de fornecer a linha de graves harmónicos da música, o instrumento tem-se popularizado como solista em diversos estilos musicais, como por exemplo o JAZZ, mas não só...

O posterior progresso da música, especialmente nos anos 60, veio trazer melhorias na qualidade das cordas, sendo estas revestidas com um complemento metálico.

Na década de 70, o baixo sem travessões (trastos) veio revolucionar a sua fórmula tradicional, e teve especial impacto nos tempos actuais, o surgimento de baixos com 5 e 6 cordas, para além dos modernos modelos de baixos, equipados com complexos sistemas electrónicos. Por sua vez a tecnologia electrónica na área de sintetizadores e moduladores de som, aliados aos módulos de efeitos, proporcionaram a este instrumento, potencialidades muito grandes.

Grandes executantes actualmente, têm tirado recursos deste instrumento de forma fantástica.

Guitarra Baixo Eléctrica

 

Como Funciona

As guitarras eléctricas costumam ter 2 ou 3 dispositivos, localizados a distâncias variadas relativamente a cavalete. Cada dispositivo tem uma série de electromagnetos tubulares através dos quais passam as cordas, as quais, ao vibrar, influenciam o campo magnético, criando impulsos eléctricos que são transmitidos aos controlos de volume e tonalidade. Estes impulsos são finalmente conduzidos até ao amplificador de som que os transforma em audíveis.

 

Contacta-me

Deixe o seu comentário

Actualizado em: 2001-06-21

Download